O deputado estadual Renato Silva (Republicanos-RR) cobrou, por meio da indicação nº 384/2020, que a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), apresente plano de ação à Assembleia Legislativa para compra e chegada de insumos hospitalares necessários ao tratamento de pessoas acometidas pelo coronavírus (Covid-19).

Na proposição, o parlamentar citou a denúncia formalizada ao Ministério Público Estadual (MP-RR) do Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais de Roraima (SINFITO-RR) contra a Sesau, dando conta de que no Hospital Geral de Roraima (HGR) não há nenhuma unidade de filtro de ventilação mecânica para pacientes intubados, o que pode levá-los a óbito e a contaminar pelo ar a equipe que atende esses pacientes.

Também na indicação, cita que o Sindicato afirma que os respiradores são necessários, pois estima-se que aproximadamente 5% dos pacientes com COVID-19 acabem sofrendo a chamada síndrome do desconforto respiratório aguda (SDRA). Além disso, cita a quantidade insuficiente de EPI’S e consequente obrigatoriedade de seu racionamento por parte dos profissionais da saúde, o que pode ocasionar a infecção desses profissionais e disseminação do coronavírus e outras doenças.

“Fizemos diligência realizada pela CPI da saúde no dia 04/05/2020 na qual foram apreendidos diversos processos licitatórios e, em análise preliminar, constatou-se diversas irregularidades. O plano de ação é fundamental para dar transparência sobre a compra e a chegada de insumos neste momento”, destacou o deputado.