A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) decidiu cancelar mais de 20 contratos em que, após análise sumária, que teria identificado supostas irregularidades. O valor dos contratos é de aproximadamente R$ 80 milhões.

A decisão ocorreu após membros da CPI da Saúde na Assembleia terem realizado uma diligência na Sesau, onde foram coletados processos com vícios e inconformidades.

Os contratos cancelados contemplavam despesas relacionadas ao Coronavírus (Covid-19) e a outras demandas da Sesau, como hemidiálise, cardiologia, entre outros setores da Saúde;

“Mesmo com os cancelamentos, o processo de investigação e apuração dos fatos que levaram às fraudes e à formação dos contratos continuarão sendo apurados por nós, deputados estaduais que compõem a CPI”, disse o deputado Renato Silva, membro da CPI.